Anunciado em maio, o Facebook Dating começou nesta semana na Colômbia, país escolhido para teste.


O Fato - O Facebook está oficialmente na disputa com o Tinder, Bumble e OkCupid pelo público que usa aplicativos para namorar.

A Notícia - O Facebook oferece o novo recurso como um serviço dentro de seu aplicativo móvel. Contudo, os usuários precisam optar por isso. Aos inscritos, serão sugeridas correspondências com base em interesses e atividades. Ao contrário do Tinder, o serviço do Face Dating promete que não incentivará possíveis combinações apenas com base na aparência.

Porque isso importa - É um teste de nervos para a empresa que, desde o escândalo das eleições norte-americanas, vem sofrendo reveses com a queda do valor do mercado, da realização de lucros e da taxa de adesão de novos usuários no mundo. Apesar do alta competitividade do mercado de dating, Zuckerberg sabe usar como poucos os dados dos seus clientes.

4 visualizações
icone whats kelly.png