O que é COVAX?

A Iniciativa Covax, é o mecanismo global para aquisição conjunta e distribuição equitativa de vacinas para covid-19 criada pela OMS em parceria com a UNICEF.





Existem alguns países de baixa renda que dependem da autorização da OMS para realizar vacinações, pois não tem agências reguladoras. O Brasil tem a Anvisa, que autoriza todos os medicamentos vendidos no país, mesmo assim nosso país é um dos membros da Iniciativa Covax.


Conheça os 156 países que fazem parte da Iniciativa COVAX que visa garantir o acesso igualitário a uma vacina que funcione.


O Brasil faz parte da COVAX e , segundo G1, fez uma doação de 8,5 milhões e recebeu 2 milhões de doses da Índia na primeira semana de janeiro de 2021 e aguarda a entrega de 14 milhões de doses no primeiro trismestre, segundo Valor Econômico. O transporte está incluso, pois até o planejamento da distribuição foi acordado com companhias aéreas do mundo inteiro.


A Iniciativa Covax busca distribuição equitativa de vacinas entre os países criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e a aliança GAVI da UNICEF, que coordena as aquisições para apoiar as compras feitas por 80 economias de renda alta, que expressaram intenção de participar da Covax Facility e financiaram as vacinas com o orçamento de seus governos.


A COVAX conseguiu reunir cerca de 2,3 bilhões de doses de vacinas (faltam mais 2,7 bilhões). "Uma vacina garantida a todos os países ajudará a controlar a pandemia, a salvar vidas e a garantir a verdadeira retomada econômica. Isso (a cooperação financeira dos países) não é caridade, é uma ação que representa o melhor interesse para todos os países." completou segundo diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom. . (Fonte ONU News)


Junto com UNICEF estão ainda a Coalizão para Inovações para a Preparação contra Epidemias (CEPI), a OPAS, o Banco Mundial, a Fundação Bill e Melinda Gates e outros parceiros para garantir que nenhum país fique sem acesso a uma futura vacina contra a Covid-19.


A agência da ONU divulgou há 5 dias comunicado sobre acordos bilaterais que estão elevando preço dos imunizantes; apesar de mais de 50 países de renda alta terem iniciado imunização, uma nação africana de baixa renda, Guiné-Conacri, teria conseguiu vacinar apenas 25 pessoas até agora, portanto todos os esforços de equidade não param.


O novo presidente americano Joe Biden, em reunião virtual nesta quinta-feira, em Genebra, representante do governo americano, o médico Anthony Fauci, informou que os EUA vão aderir ao esforço global do mecanismo de vacinas Covax, o que significa mais dinheiro e maior distribuição de vacinas em todo o mundo.


O nacionalismo de vacinas contra a Covid-19 pode custar até US$ 9,2 trilhões à economia global. Quase metade desse prejuízo, US$ 4,5 trilhões, seria registrado nas economias mais ricas. A expressão foi criada para descrever quando um país financia somente da imunização de seus cidadãos sem cooperar com a vacinação em outras partes do mundo.


O diretor-geral da OMS afirmou que “o nacionalismo de vacinas pode servir a objetivos políticos de curto prazo, mas é do interesse econômico de médio e longo prazos de cada nação apoiar a equidade da vacina.” e disse ainda “a pandemia lembrou a todos que saúde e economia estão intimamente conectadas.”


35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo